Acolhida do AJPII participa de documentário: Caminhos da Aprendizagem

        No dia 01 de julho, a direção do Abrigo João Paulo II foi convidada a participar do lançamento do documentário "Caminhos da Aprendizagem", evento ocorrido na Cinemateca Capitólio, em Porto Alegre.

       O vídeo foi produzido pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), sendo o segundo curta-metragem produzido pela empresa Transe Filmes em parceria com a Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Coordinfância) do MPT, e integrante da série "Ser criança", que explora aspectos do combate ao trabalho infantil no Brasil. Clique aqui e assista.

     A estreia contou com a presença de inúmeras pessoas e com um debate que envolveu produtores e entrevistados, inclusive aprendizes vinculados aos programas de aprendizagem profissional na cidade de Porto Alegre. Dentre tais programas, destaca-se a aprendizagem profissional voltada aos adolescentes do acolhimento institucional, projeto pioneiro desenvolvido pelo MPT em parceria com a Promotoria de Justiça da Infância e da Juventude, do Ministério Público Estadual, com a Organização Internacional do Trabalho (OIT) e com a Superintendência Regional do Trabalho de Porto Alegre.

      As filmagens da acolhida Esmeralda ocorreram na escola Padre Rambo onde ela faz o ensino médio, na casa-lar Espírito Santo e na empresa que está trabalhndo como jovem aprendiz. O filme teve a direção de André Costantin, produção executiva de Daniel Herrera, e supervisão da coordenadora nacional da Coordinfância, procuradora do MPT em Porto Alegre Patrícia de Mello Sanfelici.

       Estiveram presentes a presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (RS), desembargadora Vania Cunha Mattos, a diretora da Escola Judicial do TRT-RS, desembargadora Carmen Izabel Centena Gonzalez, e as gestoras regionais do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem, desembargadora Maria Madalena Telesca e juíza Maria Silvana Rotta Tedesco, promotora de Justiça da Infância e Juventude  Drª. Vianna Dutra Braga, Juiz da Infância e Juventude de Porto Alegre Dr. Charles Maciel Bittencourt e demais convidados.

     O Abrigo João Paulo II agradece a oportunidade de poder mostrar um pouco da realidade dos jovens que estão em acolhimento e que necessitam de uma colocação no mercado de trabalho.

Fonte e fotos: TRT4