Encontro de Formação aprofunda debate sobre violência Sexual

       Nos dias 8 e 10 de maio, foi realizado o 3º Encontro de formação continuada deste ano, foi aprofundado o debate sobre violência sexual em crianças e adolescentes. Participaram do encontro todos os colaboradores do Abrigo João Paulo II, na sede administrativa em Porto Alegre.

         Com o questionamento "Por que falar em violência sexual contra crianças e adolescentes?" Maria Eliete de Almeida, psicóloga do CRAI/Hospital Materno Infantil Presidente Vargas, iniciou o diálogo com os colaboradores e aprofundou as temáticas "Diferentes formas de violências que crianças e adolescentes sofrem", "Mitos e verdades sobre a violência sexual" e "Como identificar sinais de violência sexual".

          A psicóloga Maria Eliete comentou sobre os diversos casos e tipos de exploração sexual que chega até o CRAI - Centro de Referência em atendimento Infanto-Juvenil, e o sentimento envolvido em cada criança e adolescente. Também fez referência que a violência sexual está presente em todas as classes sociais, mas as mais pobres são as que aparecem as denunciadas.

         Eliete fez referência a grande importância do acolhimento, escuta e do acompanhamento dessa criança ou jovem nos espaços de acolhimento institucional, ?a superação depende de cada um e é um processo lento e contínuo? afirma.

          O Abrigo João Paulo II agradece a disponibilidade pelos momentos de reflexão e de diálogo que Maria Eliete proporcionou sobre esse assunto tão importante para a proteção e garantia de direitos das crianças e adolescentes de nossa sociedade.

View the embedded image gallery online at:
http://abrigojoaopauloii.org.br/479-efviolencia#sigProId5e8a7ebe83