AJPII recebe o Prêmio de Responsabilidade Social

       Na noite de 27 de novembro, o IPSDP - Abrigo João Paulo II foi agraciado, pela terceira vez consecutiva, com o Certificado e a Medalha Responsabilidade Social, na categoria Entidades Sem Fins Econômicos. Concedida pela Assembleia Legislativa, a premiação distingue ações de organizações públicas e privadas que atuam pelo bem-estar social e preservação do meio ambiente. O evento foi no Teatro Dante Barone, em Porto Alegre.
     
        Este ano,  a 20ª edição do Prêmio, estabelecido pela Lei nº 11.440, de 18 de janeiro de 2000, define uma Comissão Mista para a organização e julgamento dos participantes, conforme concessão das distinções aplicáveis no corrente exercício de 2019, referentes ao ano base de 2018.
 
     A Comissão Mista deste ano foi formada por dirigentes e representantes das seguintes empresas e instituições: CREA-RS, FEDERASUL, CRCRS, SESCOOP/RS, ARI, FIERGS - SESI, Parceiros Voluntários, Fecomércio/RS, SESC e FAMURS.
 
      Alguns dos objetivos da premiação são: Difundir a responsabilidade social no Estado do Rio Grande do Sul, em todos os setores da sociedade; Estimular a apresentação do Balanço Social pelas empresas de todos os portes, instituições de ensino, entidades governamentais e do terceiro setor, municípios e sociedades cooperativas; Agir como mecanismo de reconhecimento de esforços conjuntos na busca por uma sociedade melhor; Identificar formas inovadoras e eficazes de atuar em parceria com as comunidades na construção do bem-estar comum; Tornar o Rio Grande do Sul fonte de referência, por meio da participação efetiva de toda a sociedade, em ações e programas relevantes ligados ao tema responsabilidade social.
 
      O Diretor do Abrigo João Paulo II, Pe. Cláudio Antônio Bianchet, comentou: "O Abrigo tem um compromisso muito grande com as crianças, adolescentes, mulheres vítimas de violência e com os jovens adultos com deficiência e este trabalho só é possível devido ao comprometimento e dedicação de todas as pessoas envolvidas neste processo de desenvolvimento da cidadania, afeto, cuidado e valorização da vida. Confiantes na Divina Providência e iluminados pela espiritualidade Calabriana, há 38 anos, atuamos no acolhimento integral e proteção dos mais necessitados visando o seu desenvolvimento para o resgate da cidadania e contribuindo para sociedade melhor."   
 
      O Abrigo João Paulo II é muito grato pelo reconhecimento recebido e enaltece o trabalho realizado pelos religiosos, colaboradores, voluntários, parceiros do poder público e privado, e também pelas pessoas que apoiam este trabalho por meio de doações propiciando o desenvolvimento de vários programas e ações visando o bem-estar de todos os acolhidos na instituição.