Capacitação do NFG para entidades de Porto Alegre

       No dia 26 de junho, o Abrigo João Paulo II juntamente com mais de duzentas instituições participaram da reunião promovida pelo grupo de trabalho da Receita Estadual que incentiva o Programa NFG-Nota Fiscal Gaúcha, no Auditório Centro Administrativo Fernando Ferrari, em Porto Alegre. 
     Esteve presente no evento o Sr. Luiz Antônio Bins, Secretário da Fazenda, que fez referência sobre a importância do programa e enfatizou "o programa de cidadania fiscal possibilita a arrecadação do ICMS ? Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, e promove a qualidade do atendimento da população gaúcha construindo um estado um pouco melhor."
 
      Sr. Adelar Vendruscolo, técnico tributário da Receita Estadual e o coordenador da área das entidades da NFG, conduziu a exposição do conteúdo básico para o conhecimento do funcionamento e alcance do referido programa no estado do Rio Grande do Sul. 
 
     O programa é uma parceria das secretarias SEFAZ ? Secretaria Estadual da Fazenda, SEDUC ? Secretaria Estadual da Educação, SES-Secretaria Estadual da Saúde e SDSTJDH- Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos.
 
    Sr. Adelar comentou "as entidades sociais possuem um forma de mobilização muito grande e com o suporte dos gestores e colaboradores das unidades regionais da a exposição de eventuais indicadores regionais, sempre oportunizando uma reflexão mais profunda sobre a importância da sociedade civil atuar em parceria com o setor público, seja colaborando com a SEFAZ/RS no enfrentamento da sonegação, seja controlando a aplicação dos recursos públicos e compartilhando com a comunidade as conquistas realizadas."
 
    O programa possui mais de 1,5 milhão de pessoas participantes no estado do Rio Grande do Sul e de outros estados, sendo uma taxa de 14,38% de cadastrados por número de habitantes do estado. Este programa foi criado pela lei 14.020 de 25 de junho de 2012, com o objetivo de conscientizar a população a pedir a nota fiscal gaúcha para diminuir a sonegação fiscal no estado. 
 
     Para participar do programa é muito simples, basta acessar o site da NFG/SEFAZ, clicar em cidadão e fazer o cadastro, quando você digitar seu endereço será mostrado todas as entidades de sua região. Basta escolher a cidade e indicar as instituições que deseja beneficiar, podendo ser: uma entidade da Assistência Social, uma da Saúde, uma Escola Estadual, uma entidade de Proteção animal, e também poderá indicar uma entidade de outra cidade do estado. Para ganhar mais pontos pode indicar o time do coração e convidar amigos para participar. 
 
     A NFG gera pontos que são acumulados sempre que o consumidor solicitar a inclusão do seu CPF no documento fiscal. O pedido deve ser feito no momento da compra, em estabelecimentos participantes. Além de concorrer a prêmios em dinheiro de até R$100 mil mensalmente, o programa ainda distribuirá neste ano R$ 19 milhões para entidades atuantes nas áreas de saúde, educação, assistência social e proteção animal.
 
    Outra vantagem de participar da NFG são os descontos no IPVA. Neste ano, contribuintes gaúchos integrantes do programa tiveram um total de R$ 17,5 milhões de descontos no pagamento do imposto. Cerca de 640 mil motoristas garantiram um abatimento entre 1% e 5% sobre o valor do tributo apenas pedindo a inscrição do CPF nas notas fiscais de suas compras.
 
    Participe e divulgue este programa auxiliando o Abrigo João Paulo II. Basta indicar como entidade da Assistência social de Porto Alegre. Caso seja de outra região do estado, você poderá indicar o Abrigo João Paulo II na última opção de entidades, escolhendo Porto Alegre e Assistência Social e marcando o Abrigo.