AJPII faz parte do I SIMPÓSIO PRÁTICAS NA ADOÇÃO

          No dia 17 de novembro, Camila Monteiro, coordenadora das casas-lares do Abrigo João Paulo II, participou da mesa de debate sobre Ruptura dos vínculos, no  I Simpósio Práticas na Adoção : Refletir, Integrar, Compartilhar, que foi organizado pela ong ELO - Organização de Apoio a Adoção com a parceria da Universidade Federal do Rio Grande no Sul, Centro de Atendimento Pais-bebês e o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, no Auditório Pão dos Pobres - Porto Alegre, RS.
 
        O evento contou com a participação de Profissionais da Rede de Proteção, Psicólogos, Assistentes Sociais, Conselheiros Tutelares, profissionais da área da saúde, Instituições de Acolhimento, Instituições de Ensino Superior e estudantes. E teve como objetivo Geral - Refletir sobre as práticas adotadas nas diversas regiões do Estado e seus resultados nos processos de adoção.
 
         Dentre os Objetivos Específicos: Ampliar o diálogo entre as Instituições visando a uniformidade, celeridade e qualificação para as práticas nos processos de adoção; Socializar projetos que tomam como base o fortalecimento do diálogo e da articulação entre Instituições de Ensino Superior, Judiciário e Sociedade Civil; Fomentar políticas conjuntas das Instituições para o processo de habilitação, preparação e apoio à adoção fortalecendo vínculos e parcerias; Socializar, debater e compartilhar políticas e práticas desenvolvidas pelas Instituições e Equipes Técnicas, fortalecendo a produção acadêmica sobre esta temática; Oportunizar espaço de levantamento de demandas dos diversos atores.
 
        Durante o turno da manhã o debate foi sobre a RUPTURA DOS VÍNCULOS, com as temáticas:
- Entrega Protegida - Angelita Camargo, Assistente Social da Corregedoria da Infância e Juventude do Rio Grande do Sul; 
- Entrega para Adoção na Saúde- Flávia Scheffer, Psicóloga  do Hospital Fêmina; 
- Saída da Família de Origem - Jeferson Leon, Presidente da Associação dos Conselheiros Tutelares do RS ? ACONTURS; 
-Acolhimento Institucional - Camila Monteiro, Assistente Social Coordenadora Técnica das Casas-Lares do Abrigo João Paulo II.
 
        No turno da tarde foram aprofundados os temas PREPARAÇÃO PARA A ADOÇÃO, os assuntos foram:
- Preparação pelo Judiciário - Dr. Marcelo Mairon Rodrigues, Juiz Titular da 2ª Vara da Infância e Juventude de Porto Alegre ? RS;
- Preparação pelos Grupos de Apoio a Adoção - Lizianne Cenci,  Psicóloga, Coordenadora do Núcleo de Preparação para Adoção da Elo;
- Preparação das Crianças e Adolescentes - Taís Cesca, Psicóloga SOS Casa de Acolhida.
 
       Quanto ao FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS, foram abordados:
-Trabalho Clínico com as Famílias - Ms.Patrícia Santos , Terapeuta de família e Doutoranda PPg Psicologia UFRGS;
-Grupos de Apoio à Adoção- Márcia Franco,- Psicóloga, Coordenadora de Estágios CESUCA e Coordenadora da Elo em Cachoeirinha/RS; 
- Atuação do MP em Casos de Devolução - Dra.Cinara Viana Dutra Braga, Promotora da Infância e Juventude de porto Alegre RS.
 
      O produtor é o Elo - Organização de Apoio a Adoção, é uma associação civil, sem fins lucrativos e desenvolve atividades em diversos municípios gaúchos em parceria com toda a rede proteção a crianças e adolescentes na busca pela garantia ao direito a convivência familiar e comunitária.
 
      O Abrigo João Paulo II procura apoiar iniciativas que promovam o debate, a troca de experiências e o compartilhamento do conhecimento nas questões referentes ao acolhimento institucional. Somos gratos ao Elo pelo convite e pela oportunidade de aprendizagem.