Seminário sobre a Convivência familiar e comunitária

         Nos dias 22 e 23 de maio o Abrigo João Paulo II esteve representado por Camila Monteiro, vice-diretora e coordenadora das casas-lares, no Seminário com a temática ?Diálogo Nacional sobre a Convivência Familiar e Comunitária de Crianças e Adolescentes?, que foi realizado na cidade de Recife/PE.

      Este seminário foi promovido pelo Movimento Nacional Pró Convivência Familiar e Comunitária (Movimento Nacional CFC), por meio de sua Secretaria Executiva a Associação Brasileira Terra dos Homens, com apoio da Secretaria Especial dos Direitos Humanos do Ministério da Justiça e Cidadania, do Conselho Nacional dos Direitos de Crianças e Adolescentes (Conanda), Hope and Homes for Children, e com o apoio local de Gabinete Assessoria Jurídica Organizações Populares (GAJOP), Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Governo do Estado de Pernambuco, Prefeituras Municipais de Recife e Olinda.

      O Seminário promoveu um amplo diálogo nacional com atores do sistema de garantia de direitos que atuam na prevenção e proteção da garantia dos direitos de crianças e adolescentes na temática da Convivência Familiar e Comunitária. Durante o evento foram apresentadas boas práticas e reflexões em ações relacionadas ao: Trabalho Preventivo em Comunidades, Trabalho com Famílias em Situação de Violência, Acolhimento Institucional e Familiar, Justiça Juvenil e a nova proposta de Lei da Adoção.

     Camila Monteiro foi convidada para coordenar o grupo de discussão, com a temática ? O Acolhimento Institucional- Boas Práticas?, os conferencistas Patrick Reason, da Associação Beneficente Encontro com Deus(ECD) ? Curitiba/PR; Suzana Morais Pellegrini, da Fundação de Assistência Social e Cidadania ( FASC)- Porto Alegre/RS e Maria Suzanete Oliveira, da Casa Shalon ? João Pessoa/PB, propiciaram o debate e a troca de experiências junto a um grande número de participantes representantes de todo o Brasil.

      Nos dia 24 e 25 de maio, Camila Monteiro, membro do Movimento, participou da II Assembleia Geral do Movimento CFC para estudar e discutir em consenso os próximos passos do Movimento(2017-2019). A II Assembleia Geral foi aberta para todas as OSCs, que expressam em sua conduta, a adesão à carta de princípios do Movimento Nacional CFC e a observância dos preceitos da Constituição Brasileira, do Estatuto da Criança e do Adolescente, das Convenções Nacionais e Internacionais sobre os Direitos da Criança e Adolescentes.

     O Abrigo João Paulo II agradece o trabalho realizado por Camila Monteiro que não mede esforços para ampliar os conhecimentos e sempre busca a qualificação e a promoção do debate com a temática do acolhimento de crianças e adolescentes.